Notícias

Homofobia mata nos EUA, no Brasil e em todo o mundo!

50 pessoas foram assassinadas e 53 ficaram feridas no ataque a boate Pulse em Orlando, na Flórida, cujo público é basicamente LGBT. Além do choque pela quantidade de mortos e feridos, temos uma estranha sensação de proximidade com esse fato. Proximidade no sentido de sabermos que este tipo ataque poderia ser aqui do nosso lado, pois não se trata de um atentado terrorista comum, geralmente aleatório. Trata-se de um ataque cuja motivação é claramente homofóbica. Somente em 2015, foram assassinados 318 homossexuais no Brasil por homofobia. Além de assassinatos, outros tipos de agressões são constantes, sejam verbais ou físicas.
Neste momento, além da solidariedade às  pessoas que perderam parentes e amigos na boate Pulse, o Ibase também reitera sua posição de combate a homofobia. Assim como o machismo e o racismo, sabemos que a homofobia mata todos os dias no Brasil, nos Estados Unidos e no mundo. Além de mortes, a falta de liberdade, o medo de andar nas ruas e ser agredido, dentre outras violências, fazem parte do cotidiano LGBT.
Por acreditarmos na cidadania, na democracia e na liberdade de todo ser humano como valores inegociáveis, não poderíamos deixar de nos posicionar no momento e chamar a atenção para o que acontece no mundo e dentro de nosso país. Discursos de ódio e preconceituosos devem ser combatidos em sua essência com a reafirmação dos direitos humanos. Essa é a nossa luta!

Autor

Comunicacao Ibase

Tradução »