Por Paula Brito
Em sua segunda etapa o projeto Incid – Indicadores de Cidadania tem como desafio tornar o Sistema de Indicadores uma ferramenta reconhecida e utilizada pelas Redes de Cidadania Ativa Municipais, possibilitando a sua efetiva apropriação e uso pela Cidadania Ativa desses municípios. Para isso, desde janeiro de 2015, a discussão sobre os Indicadores de Cidadania junto às Redes de Cidadania Ativa Municipais vem sendo realizada. E como resultado desse processo, o Incid apresenta os Cadernos Municipais dos Indicadores de Cidadania.

Durante todo o processo pedagógico de apropriação do Sistema, vários indicadores foram coletivamente reconstruídos, viraram “Incidinhos” (construção que permite revelar as diferenças intramunicipais) e novos indicadores foram criados e adicionados ao Sistema por demandas dos territórios. Com isso, as Redes de Cidadania Municipais foi, aos poucos, vivenciando os desafios e possibilidades que a produção e uso dos indicadores de cidadania aportam paras suas lutas pela garantia de direitos. Ainda nesse período, uma nova forma de produzir indicadores foi inaugurada: os Mapas da Cidadania – Indicadores-mapas que ampliam o olhar para as diferenças intramunicipais e conferem maior precisão para as análises sobre os territórios, ao jogar luz precisamente nos locais onde a cidadania ativa aponta violação de seus direitos.

A Metodologia dos Mapas da Cidadania foi construída e replicada junto às Redes em um processo que chegou ao final de sua primeira etapa em julho de 2015, onde foram produzidos de forma participativa 37 Mapas sobre cinco direitos de cidadania. Dois Membros das Redes foram capacitados/as para realizarem medições de coordenadas geográficas com aparelhos de GPS para conferir maior precisão aos Mapas, e um rico processo de discussão sobre o estado de cada um dos direitos trabalhados foi realizado.

Como resultado, o Incid produziu os Cadernos Municipais dos Indicadores de Cidadania de cada um dos municípios. Esses cadernos refletem o processo de discussão, (re)construção de Indicadores e mapeamento participativo, expressando até onde cada uma das Redes de Cidadania Municipais chegou em seu processo de apropriação das Ferramentas do Projeto no período citado. Esses Mapas seguem sendo aperfeiçoados e completados pelas Redes com diversas discussões, levantamentos e apontamentos já realizados. E Novos Mapas, de diferentes direitos, estão sendo construídos e serão inseridos na Plataforma Digital dos Mapas da Cidadania.

As Redes de Cidadania Ativa Municipais constroem assim seus próximos passos avançando na elaboração de estratégias coletivas que possibilitem maior incidência sobre as decisões políticas em seus municípios e maior divulgação das informações sobre o estado dos direitos da população.

A entrega oficial dos Cadernos foi realizada no III Encontro do Fórum de Cidadania Ativa, e as versões digitais já se encontram na Biblioteca do site Incid. Acesse!

Autor

Comunicacao Ibase

Tradução »