Representantes de ONGs e movimentos sociais do Brasil e América Latina, estiverem reunidos nos dias 31 de março e 1 de abril, em Brasília, para participar do workshop “A Política Socioambiental do BNDES: um olhar desde a sociedade civil”. O evento foi convocado pelas organizações Inesc, Ibase, ISA, International Rivers e Conectas, e se propôs a fazer uma análise aprofundada sobre o real significado de uma politica socioambiental para um banco público. Partindo de casos concretos, as discussões focaram na implementação da política nos projetos que o BNDES financia, a eficácia das condicionantes socioambientais, os mecanismos de acompanhamento dos impactos ambientais e os procedimentos legais de controle.
Para Maria Elena Rodrigues, coordenadora do Ibase que esteve a frente do workshop, este olhar desde a prática se faz necessário na medida que politica do banco é ainda frágil e precária em termos de controle e salvaguardas. Por isto, segundo ela, foram formuladas propostas que poderiam ajudar a superar estas deficiências. As discussões durante o workshop vão subsidiar diálogos com o Banco, no intuito da sociedade civil apresentar seus pontos de vista e fortalecer uma estratégia pública de incidência.

Autor

Martha Moreira

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Tradução »