No último dia 9 (sábado), aconteceu o “Seminário Final da Primeira Etapa do projeto Incid Cidadania Ativa: Construindo Redes na Luta por Direitos”, no Instituto de Ciências Humanas e Filosofia (ICHF), na UFF. O objetivo do evento foi, além de promover um reconhecimento do território a partir do olhar da Cidadania Ativa do projeto, identificar os elos e redes existentes entre o território. O evento reuniu grupos que participaram do Incid nestes dois anos, compartilhando experiências e visões. Esteve presente a sociedade civil organizada dos 14 municípios do projeto.

– Além desse compartilhamento, também apresentamos o que foi produzido neste período e estreitamos o diálogo com as organizações do território a partir do balanço sobre “aonde chegamos” e “para onde vamos” – explica Rita Brandão, pesquisadora e coordenadora da equipe de campo do projeto Incid.
 


Para Rita, um dos pontos positivos do encontro foi a utilização da dinâmica pautada em um mapa gigante da região; a partir dele foi possível identificar os elos e a dimensão das violações em comum:

– Fizemos uma dinâmica muito interessante e produtiva. Esse tipo de seminário provoca o fortalecimento de ações coletivas.

Durante o seminário, o Ibase lançou a nova publicação do Incid, intitulada “Cidadania em construção”. Com 48 páginas e tiragem de 3 mil exemplares, ela traz várias reportagens sobre as principais descobertas da equipe durante os dois anos e meio de pesquisa no território, e ações do projeto, além de artigos dos especialistas do grupo científico de referência.  A publicação foi distribuída a todos os presentes no evento de sábado. Para ler, clique aqui.

Autor

Martha Moreira

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Tradução »