Crédito: Meu Rio/Facebook.

A ONG Meu Rio criou uma campanha para fazer com que a prefeitura do município do Rio de Janeiro destine no mínimo 25% de sua receita de impostos à manutenção e ao desenvolvimento do ensino, conforme cláusula obrigatória da Constituição brasileira.
No próximo ano, a prefeitura pretende destinar apenas 18,69% desta quantia, violando a Constituição pelo 14º ano consecutivo. Nesses últimos 13 anos, a educação municipal deixou de ganhar R$ 7 bilhões.
O movimento recolhe assinaturas para pressionar os vereadores cariocas a aprovarem uma emenda à Lei Orçamentária Anual (LOA) favorável a mais recursos para a educação. Caso a emenda seja aprovada, a educação municipal receberá aproximadamente R$ 650 milhões a mais no ano que vem.
Para saber mais sobre a campanha, acesse o site da instituição.

Autor

Martha Moreira

Comentário 1

  1. Leo - liberosocial
    13 de dezembro de 2011 Responder

    Ótima campanha! A educação é o primeiro passo para o desenvolvimento de um país! Pena que muitos governantes não pensam da mesma forma.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Tradução »