Notícias

Documentário sobre Belo Monte é recorde de arrecadação via crowdfunding no Brasil

O documentário Belo Monte – Anúncio de uma Guerra conseguiu atingir, até agora, mais de R$120.000 para ser realizado. Com mais de 3.000 colaboradores, é o projeto mais bem-sucedido de crowdfunding no Brasil. A meta de arrecadação para a viabilização do filme era R$114.000, revelando a mobilização dos internautas contra a construção da hidrelétrica.


Belo Monte, Anúncio de uma Guerra (CATARSE) from André Vilela D'Elia on Vimeo.

As filmagens estão sendo feitas há dois anos e a verba arrecadada pela internet será utilizada na edição e finalização do material. “Escolhemos o financiamento coletivo, pois mais do que um filme, queremos fazer disso um ato político da sociedade, uma luta pelo acesso à informação e pelo direito de participar das decisões do país”, dizem os criadores do projeto na descrição da página.
Apesar de ter atingido um valor acima da meta, os criadores pedem a colaboração dos visitantes do site para que continuem doando, pois o restante da arrecadação poderá viabilizar também a exibição dos filmes em salas de cinema do Brasil e do mundo. O período de arrecadação termina no dia 22 deste mês. Para saber mais sobre o projeto, clique aqui.

Autor

Martha Moreira

Comentários 2

  1. Sonia Montenegro
    8 de dezembro de 2011 Responder

    Que os norte-americanos se preocupem em parar o consumismo e as agressões ao planeta e as guerras para terem alguma moral para meter o bedelho no Brasil.

  2. Sonia Montenegro
    8 de dezembro de 2011 Responder

    Produção independente? Desde quando CROUDFUNDING é independente? Os EUA querem impedir a construção de Belo Monte pq quer ROUBAR a Amazônia do Brasil, pq Belo Monte levará o desenvolvimento para a região e ficará mais difícil deles roubarem. Agora, cá prá nós, vir falar de prostituição, é ridículo. Essa prostituição é fruto da miséria, e o desenvolvimento sim, poderá detê-la. Tem prostituição nos 4 cantos do Brasil. Isso é RIDÍCULO!!!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Tradução »