Notícias

Fundo Verde Climático e Protocolo de Kyoto: consenso distante

texto originalmente publicado no site da Action Aid Brasil


Crédito: Dylan Passmore/Flickr.

A três dias do fim da 17ª Conferência das Partes (COP 17) da Convenção Marco das Nações Unidas sobre Mudança Climática, que termina dia 9 de dezembro, a sensação de incerteza é cada vez maior.
Longe de uma renovação do Protocolo de Kyoto, os mais de 190 países reunidos em Durban também parecem não concordar de onde virão os recursos para o Fundo Verde Climático. A presidente da COP 17, Maite Nkoana-Mashabane, afirmou que vai dialogar com os representantes de vários países para buscar um consenso, no entanto, ainda não existe um planejamento para essas conversações.
Organizações não governamentais e ativistas acreditam que a implantação do Fundo Verde Climático é essencial para a mitigação e adaptação de países em desenvolvimento às mudanças climáticas. Outra questão vista como inadiável é a fixação de metas para a redução de emissão de gases do efeito estufa.

Autor

Martha Moreira

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Tradução »