Notícias

Mostra Cinema é Política começa neste fim de semana

Neste final de semana, o Ibase abre a Mostra Cinema é Política, que acontece nas próximas três semanas na Sala Margot da Caixa Cultural Almirante Barroso, no Rio de Janeiro. Nesta semana serão exibidos cinco filmes: Três irmãos de sangue (sexta), Migrantes e Garapa (sábado) e Sonho de Rose e Terra para Rose (domingo). Na sexta há uma sessão às 18 horas, e sábado e domingo são duas sessões, às 16 e às 18 horas. A entrada é gratuita e as senhas são distribuídas uma hora antes da exibição.
Na sexta, dia 12, após a exibição de Três Irmãos de Sangue, a diretora Ângela Patrícia Reiniger conversa com o público sobre o filme que conta a trajetória dos irmãos Herbert de Souza, o Betinho, Henfil e Chico Mário, todos hemofílicos, que foram contaminados pelo vírus HIV através de transfusão de sangue e tiveram um histórico de lutas por justiça social. O vídeo ganhou o prêmio de melhor filme no 5º Cine Fest Petrobras Brasil, em Nova York e melhor roteiro no Festival de Goiânia e no Festival Internacional de Cinema de Arquivo.
No sábado serão exibidos os documentários Migrantes, de Beto Novaes, e Garapa, de José Padilha. O primeiro retrata os obstáculos que enfrentam os trabalhadores migrantes do Nordeste para os canaviais paulistas. Já Garapa acompanhou durante quatro semanas o cotidiano de três famílias no Ceará, que vivem com dificuldades de se alimentar e buscam estratégias de sobrevivência. Do debate com o público participa o diretor Beto Novaes. O diretor José Padilha vai participar do debate no dia 26 de agosto, quando será exibido novamente o filme Garapa, mas não estará presente neste sábado.
No domingo serão duas sessões. Às 16 horas será exibido Terra para Rose, seguido de Sonho de Rose, às 18 horas, ambos dirigidos por Tetê Moraes. Os dois filmes se complementam. No primeiro, Tetê Moraes retrata o início de uma ocupação de terra no Rio Grande do Sul. Rose, a personagem que empresta seu nome ao título do filme, é a primeira sem-terra a ter um bebê nascido no acampamento, mas morre em circunstâncias suspeitas. No segundo vídeo, Tetê volta à região dez anos depois, reencontra os personagens e mostra que muitos conseguiram transformar seus sonhos em realidade. A diretora, no final das exibições, participa de debate com o público.
Cinema é política
Sala Margot da Caixa Cultural Almirante Barroso
Dia 12/08, sexta-feira
18h
– Três irmãos de sangue – 2006 (102′), debate com a diretora Ângela Reiniger
Dia 13/08, sábado
16h – Migrantes – 2007 (45′), debate com o diretor Beto Novaes
18h – Garapa – 2009 (110′)
Dia 14/08, domingo
16h – Sonho de Rose – 1997 (92′)
18h – Terra para Rose – 1987 (84′), debate coma diretora Tetê Moraes
Confira a programação completa aqui.

Autor

Martha Moreira

Comentários 2

  1. Ramatis Jacino
    28 de outubro de 2011 Responder

    Companheiros,
    Estou procurando um filme que teria sido produzido pelo IBASE,na década de 1970, dirigido por Daniel, do Sindicato dos Bancários de São Paulo, sobre o movimento negro brasileiro.
    Vocês têm idéia como encontrá-lo?

    • admin
      31 de outubro de 2011 Responder

      Caro Ramatis,
      o Ibase ainda não existia nessa época. Aproveite e confira nossa linha do tempo!
      Abraços.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Tradução »